sábado, 20 de agosto de 2011

Décima-terceira rodada do Campeonato Brasileiro

Os times cariocas se deram muito bem na 13ª rodada: todos venceram! Flamengo, rumo a liderança, 2x0 no Grêmio; Botafogo bate o Cruzeiro em Minas, com gol do Loco Abreu, de volta ao time; Flu goleia o Ceará no Engenhão e o Vasco dá uma mãozinha ao Fla e ganha do São Paulo no Morumbi. 
Vamos aos comentários: 

FLAMENGO 
Rumo a liderança

Mais uma vitória e uma melhora consistente do jogo, isto é, dos passes e das finalizações. O técnico precisa consertar o sistema de marcação, pois no início da partida, o Grêmio teve boas chances para abrir o placar. Porém, o R10 melhorou bastante o passe e o time está finalizando melhor, com jogadas ensaiadas e participação decisiva dos laterais. Aos 27 do primeiro tempo, com um passe maravilhoso do R10, Thiago Neves, de cabeça, abriu o placar. O segundo gol aconteceu depois de uma falha incrível do goleiro Vítor: ao tentar dominar e sair jogando, foi dominado pelo Ronaldinho Gaúcho, que empurrou para o fundo da rede. Outras boas chances foram criadas, mas o placar foi este garantindo o segundo lugar. 
Flamengo 2x0 Grêmio 
COMENTÁRIOS DE ALAN DALLES 

BOTAFOGO 
Vitória na volta do Loco 

O time do Botafogo conquistou uma grande vitória em Sete Lagoas: 1x0 sobre o time do Cruzeiro, do ex-treinador Joel Santana. O gol da vitória, vejam só, foi de Loco Abreu, antigo desafeto do treinador da Raposa. Até que eles se abraçaram antes da partida, mas com a bola rolando, o camisa 13 do Fogão tratou de colocar água no chope do Natalino. 
Começo de partida e o Fogão pressionou a saída de bola cruzeirense e levou perigo ao gol do goleiro Fábio. Mas o Cruzeiro logo tomou conta da posse de bola, mas sem levar perigo ao gol alvinegro. A marcação sobre o craque Montillo funcionou e o Bota conseguiu segurar o 0x0 no placar. 
Na segunda etapa, logo aos 11 minutos, num contra-ataque, Loco Abreu arriscou de fora da área e marcou um belo gol. Depois, se retrancou para manter o resultado. O Cruzeiro pressionou bastante, mas o alvinegro segurou bem a partida e levou para o Rio os três pontos, que deixam o time de Caio Junior bem pertinho do G4. A volta de Loco Abreu deixa o Fogão um pouco mais ofensivo, e se o treinador não inventar, dá para voltar a sonhar com o título. Vamos esperar! Saudações alvinegras! 
COMENTÁRIOS DE ALEXANDRE XAVIER 

VASCO 
Dois belos gols deixam o Vascão bem na fita. 

O Vasco da Gama venceu o São Paulo em pleno Morumbi, por 2x0, gols de Éder Luiz e Felipe e o time sobe mais ainda na tabela. O time de Ricardo Gomes ainda sonha com o título e essa vitória foi fundamental, ainda mais por se tratar de um adversário direto. O Vasco venceu na estratégia, marcando os principais jogadores do São Paulo. E quando precisou, o goleirão vascaíno estava lá para garantir os três pontos. E o Diego Souza brilhou na chance que teve e colocou Éder Luiz cara do gol; o camisa 7 não teve pena do ex-companheiro e fuzilou Rogério Ceni: 1x0 Vasco. O São Paulo, então partiu para cima, mas o Gigante da Colina estava num dia bom e segurou bem o ímpeto tricolor. E ainda teve tempo para o segundo gol, com o Maestro Felipe, que entrou na vaga do Juninho fazer um belo gol depois de uma tabela com Jumar. 
O Ricardo está com esse time na mão, e se conseguir jogar bem também dentro de casa, o Vasco vai brigar pra valer por este título. 
Saudações vascaínas! 
COMENTÁRIOS DE FERNANDO SIDRONIO 

FLUMINENSE 
Enfim, uma vitória convincente 

Não foi uma boa atuação do tricolor, mas soube se valer de um jogador a mais, além de sua maior categoria. A goleada sobre o Ceará deixou o time na 8ª colocação na tabela da competição e dá um pouco mais de tranquilidade para todo o elenco trabalhar. 
O jogo no primeiro tempo foi horroroso. Muitos erros de passes e dominadas de bola na canela. O Ceará teve, nos pés de Osvaldo a chance de fazer 1x0, mas o atacante mandou a bola pra fora, cara a cara com o goleiro Diego Cavalieiri. Mas os jogadores dos dois lados iam maltratando a bola e o gol só poderia sair num lance de bola parada. E o lance aconteceu. Fred recebeu a bola no meio de três jogadores cearenses, dominou mal, mas sofreu a falta. Souza bateu bem, na cabeça do camisa 9 que marcou de cabeça o primeiro gol dele no campeonato, 1x0 pro Flu, aos 35 minutos. Logo depois, o lance capital da partida. Num golde de MMA, o volante Heleno meteu o pé no peito do Fred e foi justamente expulso. Na segunda etapa, com um jogador a mais, o Flu logo marcou o segundo aos 3 minutos, com o Souza, grande destaque da partida, depois de uma grande jogada de Carlinhos pela esquerda, que driblou dois, chegou na linha de fundo, fez o cruzamento, a bola bateu na defesa e sobrou pro Souza, que bateu no alto, sem chances de defesa para Diego, goleiro do Ceará. Ai, o time cearense desanimou, e o Flu foi administrando o jogo com bom toque de bola. Mas, como o adversário não ameaçava, o Fluminense foi buscar a goleada. E ela chegou, com mais dois gols: primeiro com Rafael Sóbis, depois de uma boa tabela com o Fred, aos 18 minutos. E com o Rafael Moura, aos 31 minutos, que substituiu seu xara, e mandou de cabeça mais uma boa cobrança de falta do Souza. E ainda teve tempo de mais duas bolas no travessão, com o He-Man de cabeça, e de uma falta bem cobrada pelo Fred. 
Não foi uma aula de futebol, mas valeu pelo resultado, pela subida de produção do Fred e por uma constatação: o Fluminense não pode jogar só com um atacante solitário na frente. Espero que o Abel tenha entendido o recado. 
COMENTÁRIOS DE LUIZ CLÁUDIO ANTONIO

VALEU GALERA, ATÉ A PRÓXIMA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário